O Analfabeto Político, de Bertolt Brecht

O pior analfabeto é o analfabeto político.

Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo.

Nada é impossível de Mudar. Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual.

Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural, nada deve parecer impossível de mudar.

Privatizado, privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar. É da empresa privada o seu passo em frente, seu pão e seu salário. E agora não contente querem privatizar o conhecimento, a sabedoria, o pensamento, que só à humanidade pertence.

Enéas e a linguagem no Brasil

Fala-se muito mal no Brasil e escreve-se pior. Políticos e jornalistas, numa falta de higiene vernacular, só usam o jargão, o caçanje e solecismos, com desculpa de linguagem moderna. Mas a língua é o maior patrimônio de um povo! Desrespeitá-la é desrespeitar a própria nacionalidade. Perguntaram a Confúcio, 2000 anos atrás, o que faria ele, em primeiro lugar, se tivesse que administrar um País. “Seria evidentemente corrigir a linguagem!”, respondeu ele. Seus interlocutores ficaram surpreendidos e indagaram por quê. Foi a seguinte a resposta do mestre: “Se a linguagem não for correta, o que se diz não é o que se pretende dizer. Se o que se diz não é o que se pretende dizer, o que deve ser feito deixa de ser feito. Se o que deve ser feito deixa de ser feito, a moral e as artes decaem. Se a moral e as artes decaem, a justiça se desbarata. Se a justiça se desbarata, as pessoas ficam entregues ao desamparo e à confusão. Não pode, portanto, haver arbitrariedade no que se diz. É isso que importa acima de tudo.” Meu nome é ENÉAS!!!

Globalização tecnológica

O que? Como é que é, estocar vento?

Sim é isso mesmo…

A Presidente do Brasil estava defendendo estocar vento.

Mas como pode isso? Ela é retardada?

Calma brasileiro, calma, tenha muita calma.

Ela estava apenas tentado na ONU defender a Globalização tecnológica,

pois as fontes eólicas de energia possuem diversas barreiras,

mas algumas já estão sendo superadas.

Mas o que tem isso haver com estocar vento? Ela de fato é uma imbecil, isso sim.

Brasileiro, como eu bem lhe pedi tenha calma.

A energia eólica é fruto de um processo complexo, mas que não é totalmente aproveitada.

Surge uma tecnologia que converte o excedente em hidrogênio e este é comprimido

podendo ser estocado, vindo a iluminar lares em períodos que haja impossibilidade

de gerar energia pela fonte eólica.

Pronto, ela é uma IMBECIL, e você ainda insiste para eu ter calma e fica defendendo…

Brasileiro!

O termo figurativo para esse processo de armazenagem do hidrogênio comprimido fruto do excedente eólico

é ESTOCAR VENTO.

Nosso centro de estudo fica em Santa Catarina. Tudo bem que ela não possui, não tem o mínimo de arrumação intracromossomial específica”, capacidade cognitiva para se expressar e solicitar a globalização tecnológica beneficiando milhares de indivíduos pelo mundo, mas brasileiro sejamos sinceros, não conhece nada sobre energia eólica, quanto mais sobre a estocagem de vento em energia para vociferar contra a incapacidades da sua Presidente Eleita, mesmo que num processo fraudável.

Que saudade eu sinto do Dr. Enéas Carneiro e Dr. J. W. Bautista Vidal

Foge de Blitz mas pode arbitrar sobre conduta da PM

No Brasil realmente tudo é possível!
O mesmo que decidiu pela proibição da abordagem a menores no interior de ônibus. Mesmo que os menores tivessem pulado a roleta, fumado maconha, furtado ou danificado o veículo. Fugiu da blitz da PM após ser abordado.

Olha quem fugiu da BLITZ: http://m.oglobo.globo.com/rio/casal-de-juizes-sem-habilitacao-foge-de-blitz-da-lei-seca-em-botafogo-3013707

 

Reportagem sobre a proibição: http://extra.globo.com/casos-de-policia/justica-proibe-pm-de-apreender-menores-caminho-da-praia-sem-flagrante-17456393.html